Pagamento Mínimo do Cartão

Você já deve ter notado que a fatura do cartão oferece duas possibilidades de pagamento: o mínimo e o total. Mas o que exatamente isso quer dizer?

Seria muito bom se a gente simplesmente pudesse pagar uma pequena quantia e deixar o resto para lá. Porém, não é preciso ser um expert no assunto para saber que não é bem assim que funciona. Se você gastou uma quantidade “x” no cartão de crédito, a administradora irá lhe cobrar aquele valor “x”. Quando você opta por pagar menos, certamente será cobrado no futuro e, neste caso, com altos juros.

Valor Mínimo

Valor mínimo: mais uma armadilha dos cartões

Quanto é o pagamento mínimo?

Devido a uma determinação do Banco Central, o pagamento mínimo do cartão de crédito deve equivaler a 15% do valor total da fatura. A regra passou a valer em junho de 2011 e, antes disso, as administradoras podiam definir essa porcentagem em valores menores – o que é potencialmente prejudicial para o consumidor. Nas regras estabelecidas pelo Bacen, a fim de reduzir as taxas de endividamento no Brasil, o valor mínimo deveria subir para 20% em 2012, o que não ocorreu por pressão dos bancos e instituições financeiras.

Por que não devo pagar o valor mínimo?

O principal motivo para não pagar o mínimo (ou qualquer valor inferior ao total) são os encargos cobrados por esse serviço. Na prática, o pagamento mínimo funciona como um empréstimo muito caro, com as maiores taxas do mercado. Ao deixar de pagar o valor total, o cliente acaba entrando em ciclo perigoso de cobranças: o mínimo parece tentador num primeiro momento, mas as dívidas tendem a se acumular nos meses seguintes, virando uma bola de neve.

Já estou endividado. O que fazer?

O consumidor que já recorreu ao crédito rotativo várias vezes e tem dívidas acumuladas precisa traçar um plano claro para quitar os débitos. Normalmente, vale mais a pena contratar um empréstimo para pagar os valores devidos que continuar pagando os juros do cartão. Se a situação realmente saiu do controle, talvez seja hora de quebrar o cartão ou, pelo menos, deixar de usá-lo até que todas as dívidas estejam quitadas.

Postado por Mila Silva. Veja mais cartões de crédito emitidos por: Artigos e também com características semelhantes: , , , , , ,
RSS por email

2 Comentários em “Pagamento Mínimo do Cartão

  • Edinaldo Pereira Trindade (23/03/2015 às 20:17) disse:

    nunca opto pelo pagamento mínimo, sempre pago um pouco a amis.

    • Cartão de Crédito (17/04/2015 às 12:17) disse:

      Edinaldo, o correto é pagar o valor integral da fatura. Caso contrário, estará pagando juros da mesma forma, pois entrará no crédito rotativo.

Deixe sua opinião “Pagamento Mínimo do Cartão