O que é IOF no Cartão de Crédito?

O mundo financeiro é cheio de siglas que podem confundir o consumidor. Uma delas é IOF, bastante comum em noticiários e também nas faturas dos cartões de crédito. Mas o que IOF quer dizer? E como ele afeta o nosso bolso?

O que é IOF?

A sigla IOF se refere à expressão “Imposto sobre Operações Financeiras”. Essa taxa está embutida em todas as transações de crédito, câmbio e seguros. Na prática, isso quer dizer que você paga o IOF sempre que contrata algum tipo de crédito, como empréstimos ou financiamentos. A tarifa também está presente nas transações com moedas internacionais, como compras no exterior, e na emissão de apólices de seguros diversos.

Resumindo, muitas das transações financeiras realizadas no dia a dia passam pela cobrança de IOF, mesmo que a gente não se atente para o imposto.

IOF

Cobrança de imposto em transações financeiras pode surpreender o consumidor

IOF na Fatura do Cartão de Crédito

Para quem usa o cartão de crédito, existem duas formas principais de incidência do IOF:

  • sempre que o crédito rotativo do cartão de crédito for acionado, uma vez que essa medida é entendida como uma tomada de empréstimo;
  • na utilização do cartão de crédito fora do país, pois esse tipo de transação envolve a necessidade de câmbio entre moedas.

Dessa forma, se você observa a cobrança de IOF nas despesas do cartão, é porque uma dessas duas transações foi feita. Vale ressaltar que a alíquota do imposto é diferente para essas operações. Para saber mais, vale a pena ler o artigo “Aumento do IOF e Cartões de Crédito“.

Alíquota no Crédito Rotativo

No início de 2015, o governo federal, responsável pela arrecadação do IOF, anunciou um aumento da taxa fixa do tributo. Até esta data, o IOF para o crédito rotativo do cartão era de 1,5% ao ano + 0,38% no momento da contratação do crédito. Com a mudança no plano econômico, a alíquota fixa passou a ser de 3% ao ano, dando, no total, 3,38% após 12 meses. Essa base de cálculo também vale para o cheque especial, empréstimos e financiamentos.

Alíquota em Compras Internacionais

Para as transações feitas em outras moedas, a cobrança de IOF equivale a 6% + 0,38% para cada operação. Isso significa que, além das oscilações de câmbio, o comprador deve estar atento a essa cobrança, que pode pesar bastante na somatória das despesas. Até bem pouco tempo, compras feitas com cartões de débito ou pré-pagos eram mais vantajosas, porém o governo igualou a alíquota para todas as formas de pagamento em 2014. Assim, a única forma de evitar o imposto é comprando em dinheiro.

Considerações Importantes

Ao usar o cartão de crédito, o consumidor deve ficar atento a todas as cobranças, incluindo o IOF. No caso do uso do crédito rotativo, sempre enfatizamos que esse serviço custa caro e favorece o super endividamento. Por essa razão, o melhor é sempre pagar a fatura do cartão no valor total, sem atrasos. Já para compras internacionais, fica um pouco mais difícil fugir da cobrança. A dica, portanto, é pensar sempre no tributo antes de realizar qualquer compra e incluí-lo nos orçamento de viagens para fora do país.

Postado por Mila Silva. Veja mais cartões de crédito emitidos por: Artigos e também com características semelhantes: , , , , ,
RSS por email

Deixe sua opinião “O que é IOF no Cartão de Crédito?